Um passeio rápido pelo Cais do Sertão, no Recife

Minha viagem para Pernambuco foi no finalzinho de abril e eu até já dei algumas dicas aqui, mas… Senti necessidade de falar (antes tarde do que muito tarde, né) sobre um lugar que especialmente chamou minha atenção: o Museu Cais do Sertão!

Continue Lendo “Um passeio rápido pelo Cais do Sertão, no Recife”

Bookcrossing e a arte de esquecer um livro

Levar um livro para ler no avião enquanto viaja e esquecer no bolsão da poltrona da frente. Emprestar um livro para um amigo e esquecer qual foi o amigo (e o safadinho nunca te devolver). Simplesmente perder o livro em algum lugar. Continue Lendo “Bookcrossing e a arte de esquecer um livro”

Booklet Journal: como se tornar uma pessoa organizada?

(Eu sei que esse título está meio auto-ajuda, mas é mesmo)

Há um tempinho eu escutei falar sobre o método do Booklet Journal, que foi criado por um americano como forma de ajudar as pessoas a ter um pouquinho de organização nessa rotina tão corrida que temos. Na época, não me interessei muito (até porque me sentia A pessoa organizada), mas resolvi testar o método para falar aqui.

Cara, já são 21 dias com meu booklet journal e posso dizer que eu não era uma pessoa nem um pouco organizada antes. Esse negócio de deixar tudo na cabeça é furada – a gente acaba esquecendo as coisas, propositalmente ou não. Eu, por exemplo, esquecia de malhar (quem nunca), se tinha comido direitinho (quem sempre), enfim. Adiava também várias coisas chatas que eu precisava fazer até o último minuto. E o booklet foi tipo passe de mágica!

Vou falar como estruturei o meu, mas a ideia original é você estruturar do jeito mais funcional para a sua rotina, ok?

1. Índice – para ser sincera, nunca usei essa folha, mas deixei separada aqui para ir colocando os capítulos e páginas. Talvez quando o livrinho estiver grosso eu precise consultar.

2. Legendas – isso é bem importante. Eu criei o meu próprio código para sinalizar algumas coisas no meu booklet. Por exemplo:

  • quadradinho = tarefa
  • exclamação = atenção garota, não esquece disso!
  • bolinha = coisas que eu quero pesquisar um dia, mas não necessariamente uma tarefa (gente, sou muito maníaca do google … quem me conhece sabe)
  • quadradinho pintado de verde = tarefa realizada
  • quadradinho pintado de laranja = tarefa adiada
  • quadradinho pintado de vermelho = tarefa não cumprida / não quero mais cumprir

Por enquanto essas são as minhas legendas, mas com o tempo eu incluo novas caso ache necessário. Por que elas são importantes? Gente, qualquer pessoa com autocrítica gostará de ver suas páginas todas verdinhas. Esse é o segredo! 🙂

to do

3. Calendário Mês – no meu caso eu fiz uma listinha com todos os dias do mês e sinalizei datas importantes. Por exemplo: aniversário da minha sobrinha, um casamento etc.

4. Tracking do mês – a minha parte favorita. Coloquei alguns critérios que eu queria acompanhar dia a dia da minha rotina e fiz uma tabela. Se eu cumprisse no dia, verde; se fizesse meia boca, amarelo; e se não fizesse, vermelho. Fiz uma tabela por semana para ter tipo uma nota da minha performance nos meus atributos, que foram: academia, alimentação saudável, meditação e sono (para mim, os pilares de uma vida plena).

tracking 1.jpg
Óbvio que o meu não é assim, mas olha que fofo!

5. Day-by-day – Aí é aquela coisa de listinha mesmo. Todo dia eu chego no trabalho e faço a minha listinha de objetivos / tarefas / pontos a ter atenção do dia. E depois completo com as cores que falei ali no tópico da legenda. Ajuda muito a se organizar, priorizar coisas e deixar a mente mais livre para o que importa: pensar.

day by dat.jpg

Se quiserem se aprofundar nesse assunto, é só colocar a expressão booklet journal no Google. O céu é o limite! 🙂

13 coisas que você deve abandonar se quiser ser bem-sucedido

Por: Zdravko Cvijetić 

“Alguém me disse uma vez a definição do inferno: “no seu último dia na terra, a pessoa que você se tornou vai encontrar a pessoa que você poderia ter se tornado.”- Anônimo

Às vezes, para ser bem-sucedido, não precisamos de mais coisas, precisamos desistir de algumas.

Mesmo que cada um de nós tenha uma definição diferente de sucesso, existem certas coisas que são universais, das quais se você desistir será mais bem-sucedido.

Continue Lendo “13 coisas que você deve abandonar se quiser ser bem-sucedido”

Purpurinou <3

Gente, se tem alguém reinando nesse Carnaval, o nome desse alguém é Purpurina. Chegou chegando, tirou a graça dos strass e pérolas coladas no rosto, grudou nos corpos das meninas E dos meninos e ainda criou polêmica por conta da poluição dos mares e rios. Se isso não é personalidade ….

Brincadeiras à parte (ou não, é Carnaval gente), a purpurina está em tudo MESMO. Eu e a Babi quase não gostamos, então viemos aqui dar algumas dicas para purpurinar o seu Carnaval esse ano.

Para purpurinar de bem com o meio-ambiente

Pois é, gente, como a purpurina é feita de microplásticos, esses demoram muito tempo para se decompor e acabam poluindo nossos rios e mares. Mas brasileiro que é brasileiro não desiste nunca e acharam uma alternativa eco-friendly, que é utilizar o glíter comestível de confeiteiro.

A parte boa é que se escorrer pra boca fica até docinho!

Para deixar a purpurina intacta o bloco inteiro

A minha no caso fica intacta por quase uma semana, mas quem sua muito é normal perder o seu brilho durante o bloco. A dica é, então, utilizar vaselina para fixar bem o pózinho. Se for utilizar a opção eco-friendly, tem que ser com vaselina mesmo porque o suor ou a saliva (sim, tem quem faça isso) pode derreter a purpurina.

Para tirar a purpurina do corpo e do rosto

É né gente, porque segunda somos todos trabalhadores novamente. Aqui, a dica é fácil: demaquilante com uma suave esfoliação no rosto e esfoliação mais intensa para o corpo. Li num site que também ajuda pegar uma fita adesiva e ir “colando” nas purpurinas mais insistentes. Mas tenham cuidado para não irritar a pele, hein!

 

E se você não quiser colar purpurina em você de jeito nenhum, temos uma solução. As marcas cariocas que não são bobas nem nada também entraram nessa onda e lançaram coleções bem brilhosas, estilosas e lindas para a melhor festa do ano.

Vamos às inspirações de sempre!

FARM

Sempre, né. E eu fico até na dúvida se a tendência veio antes da Farm ou a Farm antes da tendência, porque a galera lá manda muito bem nas criações, sempre com a alma do carioca. Dessa vez, além das roupas super brilhantes, a Farm trouxe um coletivo chamado “Alma de Purpurina”. Olha que maneiro (apesar de que não sei se eu usaria, achei meio Star Wars haha)!

 Três

Lembram da Três? A gente falou dessa marca nesse post aqui. Fui na loja ontem e só dá brilho. Tem body, hot-pants, saia e até capa de mulher maravilha. Tudo bem purpurinado e carnavalesco. Quem está querendo uma roupa para curtir um camarote ou festa de Carnaval pre-ci-sa dar um pulo lá. É de morrer!

Dress To

Achei ela um pouco tímida esse ano em relação ao Carnaval, mas pelo menos lançaram um maiô cavado dourado bem brilhoso e bonito. Vale olhar só ele no site (falo mesmo hehe)!

blog-2

Sabem de mais alguma técnica ou marca que apostou nas purpurinas? Conta pra gente! 🙂

Me inscrevi no Toefl, e agora?

Vou começar fazendo um pequeno parêntesis:

>> Andei sumida por aqui, mas por um ótimo motivo: emprego novo, uhul. Depois de 4 meses, acho que finalmente consegui colocar minha rotina no lugar – o que se resume a estudar espanhol de manhã, escrever posts no horário do almoço, malhar no final do dia e dormir. #avidaédura <<

Agora vamos ao que interessa: o Toefl!

Para quem não conhece, o Toefl é um exame que testa o seu domínio na língua inglesa e é muito utilizado em universidades e empresas americanas (inglesas e australianas às vezes também) quando selecionam os seus candidatos. O exame é dividido em quatro partes, todas realizadas no mesmo dia e pela internet (não em casa, mas numa escola de idiomas conveniada). São elas:

  • Reading: 60 a 80 minutos com perguntas sobre compreensão de textos acadêmicos e jornalísticos
  • Listening: 60 a 90 minutos nos quais você responde a perguntas sobre palestras ou diálogos que escuta
  • Speaking: 20 minutos nos quais você deve expor a sua opinião sobre alguns tópicos (sempre os mesmos que você já conheceu na parte de reading e listening)
  • Writing: 50 minutos em que você deve escrever duas redações sustentando a sua opinião sobre algum tópico definido

Olhando assim, parece uma prova super longa, e é mesmo. Mas não se animem: apesar da longa duração, o tempo é o principal desafio dessa prova. Como ela é feita virtualmente (sim, você fala com uma máquina), o tempo para pensar nas respostas é marcadinho e você precisa estar preparado para isso.

Então vamos às dicas:

Decore a estrutura da prova

Não sou doida não, isso funciona de verdade. Você precisa chegar lá sabendo exatamente quais são as etapas e como será avaliado em cada uma. Apenas para exemplificar, em uma determinada pergunta na parte de speaking, você é convidado a defender uma opinião e tem uns 30 segundos para pensar nos seus argumentos. Se você espera toda a história acabar para começar a pensar, vai ser difícil sair mais de um argumento! Então decorar a estrutura da prova é o mesmo que usar o tempo ao seu favor.

Ok, Lucyana, mas como eu sei a estrutura? Vamos à próxima dica:

A internet está aí para te ajudar. Aproveite!

O Youtube está cheio, juro, CHEIO de vídeos gratuitos para te ajudar com a prova. Eu usei especificamente desse canal aqui quando eu fiz, mas basicamente o que todos fazem é a mesma coisa: eles ensinam a estrutura e dão os macetes de pontuação. Por exemplo: mais valem dois argumentos medianos que um maravilhoso quando defender a sua opinião.

Só faça quando se sentir seguro

A segurança é o mais importante. Como você está falando com o computador, não tem aquela subjetividade da pessoa olhar para você e perceber seu nervosismo ou insegurança e te dar um copo d`água. Então você tem que chegar confortável com ter que sair falando sem parar mesmo. E é um teste caro, né? Rasgar esse dindin todo dói.

Bom, acho que é isso. Se quiserem tirar alguma dúvida ou saber a minha nota (muahmuahmuah), comentem aqui. Adorarei ajudar! ❤