Existe saúde na Páscoa sim!

Não é porque é Páscoa que a gente pode se jogar nos chocolates bem gordos e esquecer a saúde (falou a saudável que não vai comprar os ovos de páscoa recheados mais gostosos do mundo). Quem está há um tempo sem comer doce sabe: se você coloca um açúcar na boca, vira uma coisa incontrolável e compulsiva e a loucura por chocolate se estende até o Natal.

Pois bem, mas existem formas de fazer as melhores escolhas e mais uma vez a gente cola do post da nossa nutri querida, a @isabelvieiranutricionista (sigam ela no Insta!).

Mais cacau, mais saúde

Os melhores chocolates, que são inclusive bem saudáveis para a saúde ingeridos com moderação, são aqueles com alto teor de cacau. O ideal é a partir de 70%, mas meu preferido é o de 85% (Cacau Show ou Lindt). Inicialmente, não vai satisfazer completamente o paladar de quem é doçólotra (existe isso?), mas juro para vocês que acostuma. Amargo pode ser bom também! J

Nada de gordura trans ou hidrogenada

Não sei explicar, mas não gosto desses nomes e acredito na Bel. Rs …

Menos açúcar, menos danos

O açúcar é conhecidamente o grande vilão da saúde, especialmente naquelas formas super modificadas como maltodextrina, dextrose, açúcar invertido. Dê preferência aos que usam açúcares mais naturais como o demerara e o de coco (dos males, o melhor).

Não se sabotem

Se você sabe que se começar não consegue parar de comer, você tem duas opções: não come ou compra um pequeno e não estoca em casa. Assim, quando você tiver vontade, não vai ter a tentação.

 

Como eu disse, meu preferido é o 85% da Cacau Show, que como inclusive no lanche do trabalho. Mas existe também um da Essential Nutrition que é bem funcional e tem vários “sabores” diferentes (com berries, castanhas etc). O nome é Chocolift e dá para comprar online (só preparem-se para gastar dindin porque é pesadinho).

Feliz Páscoa adiantada! ❤

Ovos de páscoa gourmetizados? Temos!

A Páscoa está chegando e já que os tradicionais ovos de páscoa estão literalmente uma fortuna e não oferecem nada mais nada menos que o mesmo chocolate de barra só que em outro formato (duuuh sempre comprei o de barra), o destaque agora vai para os ovos gourmetizados.

Por esses ovos até vale a pena quebrar a dieta, viu? Eles são super recheados e criatividade não falta. Tem recheio de churros, de brigadeiro, de mousse de leite ninho (morryh!) etc. E aproveitando que temos duas semanas até a páscoa, separamos alguns perfis do Instagram que estão aceitando encomendas! Dá tempo gente! 🙂

@thamaracampello

@tatianaresendebrigadeiros

@raphspatisserie

@makeacakeoficial

 

(deixo vocês por aqui porque nesse momento estou quase me amarrando na cadeira para não encomendar todos esses para a páscoa #fui)

5 lanchinhos para a fome da tarde

Ideias bem gostosas e saudáveis para matar a fome em qualquer hora do dia.

Eu sei que o verão acabou e que o inverno é uma tentação para qualquer dieta (siam, já estou começando a pensar nas temporadas de fondue, mesmo ainda sendo outono), mas a verdade é que o Projeto Verão 2018 precisa começar o quanto antes!

E que o que dá resultado lá na frente não é uma semana detox, ou um suco mágico, ou se entupir de chá de hibisco; a verdade é que a gente precisa ser consistente. Começando agora, até outubro se alimentar bem será um hábito e o corpo bom será só consequência.

Falei, falei, falei pra no final vir aqui falar do mais importante e mais difícil na minha rotina: lanchinhos da tarde. Vamos a algumas ideias!

1. Ovos de codorna cozidos

ovo.jpg

Simples, prático and barato. E não dá trabalho nenhum para fazer. É só cozinhar e colocar num potinho. #meupreferido

2. Salgadinho de grão de bico

grao

Quem me conhece sabe que odeio dietas em que sou a-rica-do-mundo-verde. Então, na verdade esse é um salgadinho caseiro que vi num instagram (@oquenosnutre). A receita é:

  • deixe o grão de bico de molho na água por 12 horas
  • cozinhe os grãos por 20 minutos em água
  • retire toda a água, espalhe sobre um tabuleiro untado com azeite, tempere e leve ao forno em temperatura média por 40 minutos ou até ficar bem crocante. Tá pronto!

3. Chocolate 85% cacau

choco

O meu preferido é o da Cacau Show, que vende naqueles micro-quadradinhos de 5g. Assim, eu consigo tirar a vontade de comer doce e maneirar na quantidade (imagina comer vários quadradinhos desse, dá um peso na consciência que só!).

4. Morango com creme de leite

TAÇA-DE-MORANGO-PROTEICA.jpg

Esse é um lanche que eu aprendi quando comecei a dieta low-carb (falei dela lá no início do site, aqui ó). É DELICIOSO e para mim é um luxo de sobremesa. Só não vale colocar açúcar, né!

5. Nuts

nuts

Confesso que eu não sou muito chegada, mas no fundo é um dos lanchinhos mais saudáveis porque além de ser uma fonte de gordura boa, ainda dá uma mega saciedade. Atenção só para a quantidade hein!

 

Lembrando que nós não somos nutricionistas e o que falamos aqui é o que funciona para a gente, viu? Se tiverem alguma sugestão, manda aqui! Variar é o segredo de qualquer dieta bem-sucedida. #faleibonito

Detox urgente!

Acabaram as festas de final de ano, as orgias gastronômicas e as desculpinhas para enfiar o pé na jaca! Se você exagerou no fim de 2016 (bate aqui! o/) saiba que nem tudo está perdido! Com a ajuda da nossa nutri e amiga Isabel Vieira (isabel@thaisvieira.com.br), separamos algumas dicas para você limpar o corpo e se recuperar a tempo pro carnaval!
1) Beba água
A gente não se cansa de falar isso: beba água. Muita água! Quando a gente come muita besteira ou bebe muito álcool, acaba retendo mais líquido. Por isso que muitas vezes ficamos com aquele inchaço básico… Então se hidratar é fundamental nessa recuperação! E nada de recorrer ao refrigerante, suco de caixinha, água aromatizada…
2) Coma limpo
Muita fruta, muita verdura, muita salada, carnes magras, ovos, enfim.. tudo o que for natural! “Desembale menos, descasque mais”! Pra eliminar toxinas os vegetais verde escuro (couve, brócolis, espinafre, agrião…) são ótimos aliados! Ah, e evite consumir açúcar!

3) Evite industrializados

Opte por tudo o que for natural! Existem algumas marcas de sucos naturais sem adição de açúcar e prensados a vácuo, sem química e ainda tem fibras e outros compostos super benéficos à saúde! Mix de nuts também são ótimos! Banana e maçã são frutas fáceis de carregar e vendem em qualquer esquina.
Neste e-book a Isabel dá muuuuitas outras dicas e também opção de cardápio detox e receitinhas! Imperdível!
No pain, no gain! Vem, carnaval!

5 dicas para cumprir a meta de exercício físico semanal

Lembrem que eu falei sobre o meu projeto Réveillon? (se não lembra, clique aqui!) Pois é, tá bem difícil conseguir cumprir todas as minhas metas, com destaque pra fazer exercício físico pelo menos 4 vezes por semana.Então, buscando me ajudar e ajudar quem mais estiver com problemas nesse ponto, vou dar algumas dicas pra manter a frequência de exercício!

1. Esqueça o tudo ou nada. Pouco também é bom!

Isso é muito importante. Às vezes a gente tem só meia horinha pra fazer exercício e pensa: ah, mas só meia hora não faz diferença então nem vou. Não! Meia hora é muito melhor que nada e no longo prazo pode dar resultados muito bons também.

Sempre lembrando que resultado está diretamente relacionado ao esforço. Lei do ganha-ganha!

2. Calma com as expectativas, menina!

Não sei vocês, mas eu sempre saio da academia e me olho no espelho esperando algum resultado (como se 45 minutos levantando peso uma vez na vida fosse fazer um milagre acontecer). Minha expectativa é grande, ela não se concretiza e o resultado é um só: decepção. E pior que isso, desmotivação.

Aqui a dica é: tire foto do dia em que começou sua meta, depois defina datas de acompanhamento para novas fotos (sugiro 15, 30, 45 e 60 dias). Em vez de olhar no espelho, olhe pra foto. Garanto que se fizer exercício certinho o resultado estará lá evidente!

3. Tome o pré-treino certo!

Não estou falando de bruxarias em cápsulas nem nada parecido com isso. Pra mim o pré-treino é alguma coisa que me dá ânimo pra treinar (amo café por exemplo!). Se você não sabe o que te dá energia, vá num nutricionista e faça esse acompanhamento. A mudança na disposição quando você está comendo as coisas certas é enorme!

4. Faça do exercício seu momento de escape!

Muita gente vai pra academia pensando “que saco, agora vêm os 45 minutos de tortura”. Não precisa ser desse jeito.Primeiro, tenta deixar o celular no armário da academia. Nada de fones também. Vá você e você fazer exercício.

Em cada movimento, se concentre na respiração, no esforço, no músculo. Isso reduz risco de lesão (claro, porque você não está distraído cantando Beyoncé loucamente) e faz com que você foque seus pensamentos só em você. Já parou pra pensar que a gente quase não para pra pensar só na gente durante o dia?

5. Saia da rotina!

Não estou falando pra vocês diversificarem o tipo de exercício (até porque haja criatividade pra um dia andar a cavalo, outro correr na praia, enfim ….), mas mudar o treino é muito positivo e recomendado.

Eu gosto, por exemplo, de mudar a ordem dos exercícios ou então conjugar os chatos. Um dia faço aeróbico no início, outro no fim. Um dia malho de manhã, outro a noite. Sou assim: ficou muito igual, fico de saco cheio! Se forem assim também, tentem isso que sugeri. 🙂
E aí, gostaram das dicas? Aproveitem que hoje é segunda e dia de recomeçar com força total. Vamos!

45 dias para o verão

As temperaturas começaram a esquentar, embora com uma chuvinha e um friozinho de vez em quando, e o verão está chegando. O que isso significa?

SOL!

E com ele, BIQUÍNIS!

E com eles, ai-meu-deus-por-que-eu-fui-matar-a-academia-quando-dava-tempo?

Comigo está assim mesmo. Essa semana me dei conta de que daqui a 45 dias viajo para Barra Grande – contei sobre meu destino de Réveillon aqui e aqui – e passarei 7 dias literalmente desfilando de biquíni o dia inteiro por lá. Não vou dizer que estou gordinha e não teria nada contra estar, mas com o inverno eu acabei me largando um pouco e não estou me sentindo bem com meu próprio corpo.

Então essa semana resolvi fazer um desafio comigo mesma, nada extraordinário não, mais uma forma de me motivar e fazer o que mais amo: trabalhar com metas. Coloquei algumas:

  1. Fazer atividade física no mínimo 4 vezes por semana (musculação intensa e aeróbico leve – isso está alinhado ao meu objetivo de definição e ganho de massa magra uhul)
  2. Fazer apenas duas refeições lixo por semana. Isso é MUITO difícil para mim por conta dos finais de semana, mas meta é meta e eu vou ao menos me esforçar.
  3. Álcool apenas uma vez por semana – queria muito cortar até o Natal, mas nessa época de fim de ano a gente tem tanta confraternização que complica restringir tanto assim.
  4. Beber dois litros de água por dia – eu já bebo 1 litro e meio, mas quero esses 500 ml a mais pra ver se a retenção de líquido (causada pelas besteiras que comi) sai desse corpo.
  5. Seguir a minha amada-querida-idolatrada dieta paleo, mas não tão low-carb porque quero ganhar um pouco de massa. Já fui a muitas nutricionistas e tenho uma boa noção do que e quanto devo comer para o meu objetivo. Sei também o quanto comer comida de verdade (zerando industrializados) me faz bem. Quero essa energia pro meu final de ano!
  6. Postar dicas para conseguir cumprir essas metas com a hashtag #projetoverãoshift2 aqui no site, Facebook e Insta ❤

É isso, sem mistérios. Um desafio simples e com uma única métrica para avaliação de resultado: o espelho. Não adianta eu olhar para a balança se o que eu quero é definição e ganho de massa. A melhor forma de perceber mudanças no corpo é se fotografar no espelho periodicamente e comparar as fotos, até porque a gente que se olha todo dia não percebe as pequenas modificações, né?

E aí, alguém tem mais um plano-resgate-de-fim-de-ano ou só eu que deixei para a última hora mesmo? Hehehe .. me contem, me motivem, please!

Que gostinho de infância <3

Amanhã, além de ser o feriado de Nossa Senhora da Aparecida – acreditem, muita gente não sabe o porquê do feriado -, é também o dia das Crianças! E já que a vida passa e a gente passa a não ganhar mais presente, esse dia ganha um sentido super nostálgico (até para aqueles que não trocam a foto do Facebook! Hehehe) e por isso a gente decidiu fazer um #Especial Dia das Crianças.

E pra lembrar daquela época em que a maior preocupação que tínhamos era fazer o dever de casa depois do cochilo da tarde e antes de Malhação, pra começar a gente trouxe algumas gostosuras que só existiram nos nossos tempos de criança.

Aahhh, se essa geração Z tivesse vivido o que a gente viveu!

Push Pop!

push pop.jpg

Quem nunca ficou com o dedo todo melecado de enfiar por debaixo desse pirulito ultra mega power doce que atire a primeira pedra. Até hoje a gente se pergunta como esse doce deu tão certo! Deve ter sido o jingle que eles criaram: “puxa push pop, puxa gostooooso” (se eu lembro até hoje, é porque o negócio era endiabrado mesmo!).

Biscoito Fofy

fofyHora do recreio era o momento de ver milhares de saquinhos vermelhos com a carinha fofa do cachorrinho espalhados. Era todo mundo comendo o Fofy, que era meio de chocolate, meio de baunilha. Poxa, por que acabou? 😦

Barrinha de chocolate da Mônica

chocolate-da-monica

Essa eu tirei MUITO do fundo do baú! Esse chocolate me lembra o primeiro bullying que sofri na vida: ao contrário de todos, eu comia a parte branca primeiro e deixava o preto pro final (porque odiava). Ô saudades de torcer para sair a Magali!

Xup Xup

xup xup.jpg

Pronto, esse era meu ponto fraco de verdade. Eu simplesmente amava esse mini-saquinho cheio de doce de leite pra ficar chupando até a última gotinha. E só custava R$ 0,50! Hoje não se compra nem uma 7-belo com esse dinheiro …

Skate

skate.jpg

Nossa, esse era açúcar puro e comestível. Você ia mordendo, mordendo, mordendo e quando via tinha comido uma tira gigante rosa e doce e ia correndo beber 3 litros de água.

 

Ficaram com água na boca? A gente ficou foi com saudades mesmo! Contem pra gente se vocês lembrarem de mais alguma delicinha da infância!