7 dicas da Chapada dos Veadeiros

É de dica de viagem que vocês gostam, é dica de viagem que vocês vão ter neste post! Minha visita à Chapada dos Veadeiros foi em junho, mas acredite: o que vocês vão ler a seguir não fica desatualizado e será útil quando você resolver conhecer os lugares maravilhosos desse canto mágico do Goiás!

(É mágico mesmo, gente! Ainda mais se você for mais espiritualizado/místico/acreditar em ETs…heheh)

Chega de enrolação, vamos lá:

Dica 1: Melhor época do ano

Se você conversar com qualquer guia da Chapada, eles vão te dizer que lá não tem época certa, porque se você for no verão, época mais chuvosa, vai aproveitar algumas cachoeiras que só existem porque chove – no inverno ficam secas. Se você for no inverno, período de seca, vai pegar tempo bom todos os dias e conseguirá aproveitar melhor as trilhas (sempre de terra e pedras, que no período de chuvas se transformam em lamas) e as cachoeiras, que com a luz do sol têm uma beleza infinitamente maior com a transparência das águas.

Como eu falei no início do post, fui em junho, em pleno inverno e, sinceramente, apesar da água congelante de todas as cachoeiras (era naquele esquema “respira fundo, fecha o olho e entra na água de uma vez”), é a melhor época do ano pra conhecer a Chapada dos Veadeiros. As estradas pra algumas das cachoeiras mais lindas/legais são de terra e se estivesse chovendo, a chance de atolar com o carro seria muito maior, além do trajeto se tornar mais perigoso. Além disso, as trilhas seriam mais perigosas e desconfortáveis.

Dica 2:  Onde se hospedar

Se você vai pra Chapada dos Veadeiros, pode escolher ficar hospedado em Alto Paraíso, São Jorge ou Cavalcante. Alto Paraíso é mais urbana, digamos assim. Tem mais infra e é maior e mais movimentada. São Jorge é mais graciosa, mais rústica, menorzinha. Cavalcante é mais distante e só indicado ficar lá porque fica perto da Cachoeira de Santa Bárbara – uma das mais bonitas e famosas da Chapada dos Veadeiros.

Fiquei em São Jorge, conheci Alto Paraíso e fui pra Cachoeira Santa Bárbara mesmo assim. Foi uma escolha acertada ficar em São Jorge. Quando eu voltar, pretendo ficar hospedada lá de novo. É realmente mais bonitinha, de noite saí para passear a pé; tudo é pertinho. Como é necessário ir pras cachoeiras de carro e a distância para Alto Paraíso é de uns 20 min, não fez muita diferença.

19274772_10212927237836550_4837704917697296531_n

Dica 3: Guias

O que fez a diferença na minha viagem foi o guia que eu escolhi para me acompanhar em praticamente todos os passeios. Com exceção do Vale da Lua, que fiz sozinha porque não tinha necessidade de guia, fechei todos os passeios com o River Mello (Instagram: @river_mello) e sua equipe. O River é simplesmente maravilhoso e já indiquei ele para vários amigos que foram depois para a Chapada. Ele chega antes de todo mundo nas cachoeiras, então você consegue aproveitar os lugares sem aquela muvuca (fui num feriado, né, a Chapada estava lotada de turistas) e ele te leva em lugares das cachoeiras que normalmente os outros guias não vão – e faz coisas que os outros guias não fazem, tipo a trilha mais difícil da Chapada à noite… Incrível! Ah, além de tudo isso, o River ainda é um ótimo fotógrafo. Ou seja: perfeito.

 

Dica 4: Roteiro

A Chapada dos Veadeiros tem uma imensidão de lugares maravilhosos pra conhecer e como eu só tive 4 dias (fui num feriado), tive que fazer algumas escolhas sofridas. E pretendo voltar, porque precisaria de mais uns 7 dias pra conseguir fazer tudo o que eu gostaria de fazer por lá.

Minhas escolhas foram: Mirante da Janela, Cachoeira dos Couros, Santa Bárbara, Vale da Lua, Almécegas I e II. Exatamente nessa ordem, que significa: da mais difícil para a mais fácil. É a dica mais preciosa que eu posso te dar: comece pela mais complicada e termine com as mais fáceis.

A trilha do Mirante da Janela é bem difícil, com muitas subidas, descidas e partes complicadas de se atravessar; tem uns 8kms de extensão e não acaba numa cachoeira. É pra você ficar contemplando quando chega lá no alto. O River levou nosso grupo para fazer essa trilha pra pegar o por do sol. Foi mágico ver o Sol se pôr de lá de cima, escutando a queda d`água das cachoeiras do Parque Nacional (esse é um que não fui, preciso voltar pra conhecer). Fizemos uns minutos de meditação e silêncio, foi muito especial. A volta foi de noite, segurando a lanterna com a boca e/ou com a mão. Só aventureiros e malucos mesmo para fazer isso, hehe Foi incrível!

19250422_10212927163274686_8392707064431874882_o19390606_10212927164194709_4852294564241264708_o19398997_10212927256237010_5910186791727895550_n19400536_10212927280917627_708698988395450732_o

A trilha da Cachoeira dos Couros é menor e não tão complicada quanto a do Mirante da Janela, mas tem seus momentos de tensão, digamos assim. Os lugares são lindos e o River também levou a gente numa queda que dava pra ver arco-íris! Foi a cachoeira que eu mais gostei (foi mal ae, Santa Bárbara).

19222732_10212927179155083_4585573780017733335_o19225147_10212927232036405_7778567530940068792_n19388627_10212927184995229_5319485826886297080_o19396952_10212927254756973_4170145054997725841_n

A Cachoeira de Santa Bárbara tem uma trilha molezinha e termina naquela cachu linda de água verde-esmeralda/azul-cristalina que a gente tá acostumado a ver no Instagram/Google Imagens. Pra chegar lá, são aproximadamente 3h30 de viagem desde São Jorge/Alto Paraíso. Saímos de madrugada, às 5h, paramos num mirante para ver o sol nascer e seguimos viagem. Nem preciso dizer que também foi muito especial ver o sol nascer na chapada, né? Depois de Santa Bárbara, conheci Santa Barbarinha (fica do lado da cachoeira-mãe hehe) e Capivara (também fica em Cavalcante).

18766045_10212927240196609_6021979546252014503_n19243162_10212927151834400_8031458734182922478_o19243304_10212927155314487_6633198342348437836_oDCIM100GOPROG0354150.DCIM100GOPROG0314039.

O Vale da Lua é o lugar mais fácil da Chapada dos Veadeiros. Você só precisa tomar cuidado pra não escorregar. É bonito, mas perto do que eu já tinha visto, nada demais.

19222678_10212927175034980_3508021611665165610_o

As Almécegas I e II ficam dentro de uma propriedade privada e as trilhas são tranquilas também. As quedas d`àgua são bonitas e dá pra aproveitar bem o banho de cachoeira.

19243150_10212927183595194_681089304405332239_o19225963_10212927237436540_7891064838730143732_n19225651_10212927236156508_3181543441573491441_nDCIM100GOPROG0744471.

Dica 5: O que levar?

Pras trilhas levei barras de proteína, água, toalha, gopro, óculos, protetor solar e repelente. Quanto mais coisa você levar, mais pesada fica sua mochila e pior vai ser pra você fazer a trilha. Menos é mais.

Dica 6: O que vestir nas trilhas?

Vá de biquini/maiô (sunga/short no caso dos boys), roupa de academia (blusa e short confortáveis para caminhadas e exercícios físicos) e principalmente: tênis confortável. Um bonézinho também vai bem.

Dica 7: Risoteria Santo Cerrado

Se algum dia você já pesquisou por dicas da Chapada dos Veadeiros, com certeza já ouviu falar sobre essa risoteria. É um dos lugares mais famosos de lá, fica em São Jorge e é muito difícil conseguir mesa. Tem que reservar antes e ter muita paciência, porque o atendimento não é muito bom. Em compensação a comida… nossa, fico babando só de lembrar. Tem que ter paciência, mas é um programa imperdível.

Autor: Babi

Carioca, DJ, botafoguense, comunicadora, viajante e sonhadora que quando fica inspirada brinca de ser escritora.

4 comentários em “7 dicas da Chapada dos Veadeiros”

  1. Olá!! Lindas suas fotos e ótimas dicas. Vc poderia indicar onde se hospedou? Vi q foi em São Jorge,mas quase não estou achando hostel lá. E os valores dos passeios, mais ou menos. Obrigada!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s