5 motivos para assistir “The Get Down”

Se você ainda não viu a nova série do Netflix, “The Get Down”, criada pelo australiano Baz Luhrmann, sugiro incluir na programação do próximo final de semana! A série se passa nos anos 70 e conta o nascimento do hip hop através da história de jovens do Bronx, nos EUA, que decidiram mudar suas vidas com a música.  A produção estreou em meados de agosto e é a mais cara do Netflix, com um investimento de aproximadamente U$120 milhões. Mas mesmo que você não seja tão ligado assim em música, vale MUITO e aqui a gente lista 5 bons motivos para você parar tudo o que está fazendo e começar a assistir “The Get Down”:

  1. A história da música

Acabei de dizer que “The Get Down” conta a história do hip hop, mas isso significa passear pela história de outros gêneros musicais, como disco, punk rock, gospel e até, me arrisco a dizer, do nosso funk carioca (é que o nosso funk teve origem no Miami Bass, gênero que surgiu com influências do hip hop e do electrofunk. Tudo está relacionado!).  Além disso, a série mostra como os DJs foram importantes para disseminar a cultura do hip hop na época, entregando microfones para que os dançarinos pudessem improvisar versos dentro da batida da música  – olha aí o surgimento do Rap!

the-get-down-1.jpg

2. A trilha sonora

Óbvio que uma série que conta a história de vários gêneros musicais, em especial do hip hop, tem uma trilha sonora no mínimo maravilhosa! “The Get Down” mistura artistas de sucesso dos anos 70, como Donna Summer, com os talentos atuais, como Grandmaster Flash, Zayn, Christina Aguilera, entre outros. As músicas são, em sua maioria, dançantes e por diversas vezes a mixagem junta duas ou mais cenas embaladas por músicas diferentes na mesma batida – tipo uma simulação do trabalho de um DJ. I-N-C-R-Í-V-E-L. ❤

4216

3. O Figurino

O figurino da série, assinado por Jeriana San Juan em parceria com Catherine Martin (esposa de Luhrmann), resgata aquelas roupas maravilhosas da era Disco nos anos 70. Simplesmente uma viagem no tempo fantástica!

1067814.jpg

4. O Grafite 

Além da história da música, a série também mostra a forte influência do grafite na cultura americana naquela época. Jaden Smith (o filho do Will) interpreta um grafiteiro que perambula pelos túneis com seus amigos grafiteiros para marcar carcaças de trens com mensagens inspiradoras, deixando aí embutido o sentimento de territorialidade que também se faz presente no hip hop . Além do grafite e série também apresenta outras referências culturais da época, como as histórias em quadrinhos de super-heróis e os filmes de artes marciais.

the-get-down-baz-luhrmann-rap-netflix-jaden-smith-tv.jpg

5. Política e Movimentos Sociais

Mesmo com a história da música sendo o principal mote da série, não dá para não falar da história política e dos movimentos sociais no Bronx nos anos 70 – até porque a música é uma expressão da comunidade sobre o que estava acontecendo naquela época. “The Get Down” também mostra como o grafite foi associado à criminalidade, tráfico de drogas e gangues por um prefeito branco e elistista.

 

Se esses 5 motivos ainda não foram suficientes, dá uma olhadinha no trailer:

 

 

 

Anúncios

Autor: Babi

Carioca, DJ, botafoguense, comunicadora, viajante e sonhadora que quando fica inspirada brinca de ser escritora.

Uma consideração sobre “5 motivos para assistir “The Get Down””

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s