Oktoberfest-ing em Munique

Se você está pela Europa, consegue ir para a Europa essa semana (ô riqueza) ou pensa em viajar para lá no ano que vem, vá ao Oktoberfest! Para quem não conhece, trata-se de um festival super tradicional de cervejas e comidas típicas que acontece todo ano em Munique, na Alemanha. Começando a se planejar agora, em 2017 dá para ir com tranquilidade e conseguir preços melhores!

Eu não sei quem criou esse evento (na verdade eu sei, foi um rei lá, mas era em outros moldes na época, vulgo openbar), mas caramba QUE EVENTO! Eu fui ano passado e me senti numa Disney de adultos. Um monte de brinquedos radicais, barracas com comidas típicas maravilhosas e as tradicionais e super ultra mega lotadas tendas das cervejarias. Vamos às nossas dicas de sempre! 🙂

Como chegar

A passagem para lá durante o festival é cara mesmo, então vale dar um pulo em alguma outra cidade alemã antes e aliviar o valor do transporte indo de trem, além de conhecer outro local, lógico. No meu caso, fui antes para Berlim e aí peguei um voo low-cost de uma cia alemã para Munique – o que diminuiu bastante o preço da passagem! Outra dica boa é chegar em dia de semana, quando a cidade está mais vazia e você se locomove com mais facilidade.

Usando o transporte que você quiser, arrume um jeito de chegar até a estação Hauptbahnhof (gente, esses nomes, viva o control c + control v), que é a estação central de lá. Dessa, você deve pegar o metrô para Theresienhöhe, onde fica o Oktoberfest. Prometo que não é difícil!

 

Onde se hospedar

Olha, hospedagem é mais uma coisa bem cara no período do Oktoberfest. Eu lutei para achar um hotel num preço acessível e bem localizado (o ideal é ficar perto da estação central, a Hauptbahnhof). Acabei ficando no Hotel Italia e paguei 100 euros por diária, com café da manhã incluído. Não é um hotel luxuoso, mas quebrou um galho e, juro, foi o melhor custo x benefício que achei!

O site do hotel é esse: http://www.hotelitalia.de/

 

Como se vestir

Esse festival é praticamente um desfile de roupas típicas e penteados trançados. Eu diria que se for para ir sem o traje, é melhor nem ir! Na própria Hauptbahnhof você consegue encontrar a Dirndl (roupa feminina) e o Lederhosen (roupa masculina). Eu fui no último final de semana, então consegui promoção de roupa a 20, 30 euros, mas se você quiser esbanjar estilo tem umas lindas que custam 200 euros!

 

Quando ir

Esse ano, o festival vai de 17/09 a 03/10. Eu só fui uma vez, então só posso falar da minha experiência indo no último final de semana de Oktoberfest. Achei positivo ter encontrado as roupas em promoção e ouvi falar que foi o melhor final de semana, com as casas mais animadas. A única questão é que fica um pouquinho mais frio, já que a cidade entra no inverno, mas bebendo cerveja dentro da tenda fica até calorzinho!

 

O evento

Pronto, agora sim a melhor parte! Eu visitei três tendas do circuito principal: a Bräurosl, a Hofbräu München e a Paulaner. Das três, a mais animada foi a Paulaner. Dentro dessa tenda estava tocando não apenas as músicas alemães tradicionais, mas também umas músicas mais famosinhas. Tinha até uma pista de dança.

Só conseguimos visitar várias tendas porque (1) fomos com alguns alemães que já conheciam o esquema e tinham reserva – que precisa ser feita com bastante antecedência -, (2) porque éramos apenas duas meninas, então em qualquer lugar a gente se encaixa e (3) fizemos MUITAS amizades no evento. Lembrando que você só consegue pegar cerveja se estiver com mesa, então ou você reserva ou vai na amizade mesmo!

GOPR3757.JPG

Outro ponto bom de ter feito amizade lá é que os alemães ensinaram como a gente deveria pedir a cerveja, a cantar a tradicional música “Ein prosit” e algumas comidinhas típicas que valem a pena experimentar. 1L de cerveja custa 10,40 euros, mas é normal dar 11, 11 e pouco por causa das tips pras garçonetes que, by the way, não falam inglês. É tudo na base do se vira mesmo!

Oktoberfest para insiders

Hahaha. É que a nossa amizade com os alemães renderam uma visita a uma parte do Oktoberfest que só realmente a galera de lá visita: a Oide Wiesn. É uma área com entrada paga (3 euros por pessoa) cujo objetivo é resgatar as tradições, ou seja, fazer tudo como era feito antigamente (menos a parte do Open bar #euqueria) e pra galera que não curte aquele empurra-empurra das tendas de fora. Eu simplesmente AMEI esse lugar e a caneca diferente que eles têm. Podia demorar horas bebendo que a cerveja não esquentava por nada!

Minha recomendação é que vale muito a pena conhecer essa parte, principalmente se você for para passar três dias como eu. Dedica o primeiro (sexta-feira) para a tenda que você mais quer ir, no dia seguinte (sábado) chega mega cedo e conhece outra tenda famosa. No último dia (domingo), o mais cheio, vai conhecer a Oide Wiesn!

 

Dicas gerais

s2 Tem que ir pelo menos em um dia durante a semana para entender a atmosfera. Se isso não for possível, chegue no evento por volta de 7h30 da manhã, que é quando as filas começam.

s2 Duas pessoas não precisam reservar mesa, mas mais do que isso sim. Duas pessoas se acomodam numa mesa cheia, mas mais do que isso é quase impossível. Só que a reserva exige planejamento, dado que precisa ser feita com, no mínimo, 7 meses de antecedência.

s2 TEM QUE usar a roupa, é indispensável. Quem não usa fica muito peixe fora d’água. Ah, mas não coloquem meia-calça mesmo que esteja nevando, as mulheres ficam com raivinha. Juro que até hoje não entendo isso!

s2 Vá com dinheiro em espécie e de preferência trocado. Lá não aceita cartão!

s2 Lembra que eu falei que o evento é tipo a Disney dos adultos? É porque do lado de fora das tendas têm muitos brinquedos radicais, então vale dedicar um tempo para conhecer. Só cuidado para não vomitar, pelo amor de Deus!

s2 Se jogar na cerveja e nas comidinhas típicas sem preconceito. É tudo delicioso e o ambiente ajuda muito também! Mas vai com calma, porque de litro em litro você pode acabar igual os bêbados doidos que ficam vomitando nos jardins do lado de fora (sim, são muitos e é nojento).

Anúncios

Autor: Lucy

Formada em Publicidade & Propaganda, é curiosa de nascença e carteirinha. Ah, e apaixonada também: por viagens, por gastronomia, por moda, por marketing e tudo mais de curioso o mundo tiver para oferecer! S2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s