We are Carnaval, We are Bahia!

Já estamos em setembro e quem ainda pensa em passar o Carnaval em Salvador, já está um pouquinho atrasado para fechar tudo. Eu já fui três vezes e confesso que ainda cogito ir mais uma. O que assusta um pouco são os preços: o destino é tão popular e tão desejado que está cada vez mais caro. 😦

Se você ainda não foi, vale a pena pelo menos uma vez na vida. A energia que Salvador tem no Carnaval é diferente de tudo que já vi. É como estar no lugar certo, no dia certo, com as pessoas certas. Pura felicidade! Vamos às minhas dicas (lá vem textão!):

Quando ir e voltar:

Se você tem facilidade de tirar uns dias de folga perto do Carnaval, recomendo ir na quinta-feira que antecede o feriadão por dois motivos: a passagem sairá mais em conta e você vai buscar seus abadás (o traje do folião e ingresso para blocos e camarotes, digamos assim) com muito mais tranquilidade nos pontos de distribuição.

O mesmo recomendo para a volta. Na quarta-feira de cinzas o aeroporto de Salvador fica simplesmente caótico. Tem gente que sai do camarote de terça e vai direto de abadá pegar o voo para não perder o trabalho. Então, se você puder, fique até quinta-feira. Sai mais barato e você não precisa viajar cheio de ressaca!

 

Onde se hospedar:

Eu confesso que música baiana não é lááááá a coisa que mais gosto de escutar, então bloco para mim apenas os mais badalados mesmo (não sou de Timbalada, por exemplo!). Estou falando isso porque existem dois circuitos mais famosos no Carnaval: o Osmar-Campo Grande e o Barra-Ondina. O primeiro é mais tradicional e você encontra mais a galera de Salvador + os fãs de axé curtindo. O segundo, até por acontecer de frente para a praia, acaba sendo um destino mais turístico. Eu prefiro!

Dito isso, eu recomendo se hospedar em Ondina, ou seja, no final do circuito. Pensa que você estará há umas 4 horas pulando igual pipoca no trajeto de 4,5 km. O que você quer depois disso? Estar perto de casa! E a forma mais barata de se hospedar é alugando uma casa com os amigos. Os hotéis saem muito caros nessa semana e exigem um período determinado de estadia.

Em duas das três vezes que fui aluguei casa com o Pedro Ortega, que gerencia o site www.centraldoapartamento.com.br. Pode fechar com ele, é super gente boa e confiável!

 

O que fazer?

Nesse caso, depende muito de gosto pessoal. Vou falar a minha opinião! Para mim, o melhor esquema é revezar blocos e camarotes, em vez de fazer a famosa dobradinha todos os dias. Você consegue descansar na medida do possível e curte tudo intensamente. Meus blocos preferidos são: Me abraça (o de terça para mim é o melhor), Camaleão, Pirraça (mas tem que ser no dia de Jorge e Matheus). Lembrando que os blocos com vocalistas do sexo feminino (Crocodilo – Daniela Mercury, Largadinho – Cláudia Leitte, Coruja – Ivete Sangalo) costumam reunir mais homossexuais, então se você curte se joga!

Quanto aos camarotes, já fui ao Camarote Salvador, ao Camarote do Nana e ao Camarote do Reino. Sem sombra de dúvidas, o melhor disparado (e mais caro também) é o Camarote Salvador. Eles sempre levam Dj’s internacionais (pode esperar nomes como Alesso, Hardwell, Axwell, Steve Aoki etc) e comidas e bebidas não faltam. É muito bem servido e organizado e reúne o público mais selecionado do carnaval.

 

Se eu quiser estender …

Vamos lá: você está na Bahia, o Carnaval acabou, mas você ainda está de férias. Vai voltar pro Rio para ver a vida passar? Não! Vai para a ressaca em Morro de São Paulo! Fica a umas 2 horinhas de barco de Salvador e é uma ilha paradisíaca. Mas não pensem que é só sombra e água fresca (é também); é que vários artistas vão para lá fazer shows pós Salvador e festa também não vai faltar!

Outro destino legal é a Praia do Espelho, perto de Trancoso, que fui esse ano pós-Salvador com o namo <3. Mas aí falo desse assunto depois, em outro post! 🙂

 

Alguns Bizus:

s2 Poxa, o bloco que eu queria esgotou, e agora? Acorde um pouco mais cedo e vá até o Aeroclube. Lá existem diversos cambistas (não apoiamos, mas no desespero …) e, sendo bom de negociação, você consegue até mais barato que no site!

s2 Nem pense em customizar seu abadá do camarote dentro do próprio camarote. A fila fica gigante e são grandes as chances de você curtir o Carnaval com uma regata gigante sem customizar. Nesse mesmo Aeroclube (e praticamente em Salvador inteira) você pode encontrar “abadazeiras”, que vão cortar, amarrar e costurar seu abadá do jeito que você quiser! Custa uns 10 reais por abadá.

s2 Para chegar no início do circuito Barra-Ondina, vale pegar um táxi e pedir para deixar em frente ao Shopping Barra. Mas saia cedo, viu? O trânsito fica muito pesado em dia de bloco. Ah, atrás do shopping também tem outro mercado paralelo para compra e venda de abadá.

s2 Não fique zanzando com o abadá fora da corda de proteção do bloco. Nunca aconteceu comigo, mas existem várias histórias de roubo de camisa. Afinal, é o ingresso para o bloco e vale uma boa grana! Ah, e sua id e dinheiro você deve carregar em uma doleira, dentro do short, tá?

s2 Nos blocos vocês verão alguns caras vestidos com uma túnica branca e azul e com uns colares bem compridos – são os Filhos de Gandhi. Tomem cuidado porque eles dão esses colares para as mulheres que eles beijam no bloco e alguns agarram MESMO.

Se ficarem com alguma dúvida ou quiserem conversar sobre roteiro, podem comentar aqui ou mandar um e-mail para a gente! Dicas não faltarão. 🙂

Anúncios

Autor: Lucy

Formada em Publicidade & Propaganda, é curiosa de nascença e carteirinha. Ah, e apaixonada também: por viagens, por gastronomia, por moda, por marketing e tudo mais de curioso o mundo tiver para oferecer! S2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s