Istambul e suas mesquitas

“Alá é grande. Não há outro Deus para além de Alá e Muhammad é o seu profeta. Venha rezar. Venha para a salvação. Alá é grande. Não há outro Deus para além de Alá”. Assim os muçulmanos são chamados para a oração. Os minaretes das mesquitas entoam esse melódico chamado, conhecido como “azan”, simultaneamente, cinco vezes por dia. Notei que durante o azan, muitos bares e restaurantes desligam a música ambiente em sinal de respeito: Istambul, com aproximadamente três mil mesquitas, para pra ouvir.

11902365_10207239911896956_5964765727671220202_n
Hagia Sophia

 

Quase 95% da população da cidade se declara muçulmana e visitá-la é fazer uma imersão na religião deles, querendo ou não. Para conhecer as mesquitas, os turistas devem seguir as regras de vestuário: pés descalços, joelhos, ombros e, no caso das mulheres, cabelos cobertos. As principais mesquitas fornecem sacolas para guardar os sapatos, além de panos para quem não estiver vestido apropriadamente. A entrada é gratuita e os visitantes ficam em uma área destinada aos turistas para não atrapalhar os fiéis que estão no local. Só não é permitida a entrada de turistas durante as orações, às 5h, 13h, 18h, 20h e 21h30. Esses horários dependem da posição do Sol e podem variar um pouco, de acordo com a época do ano e com a localização geográfica. Às sextas-feiras, ao meio-dia, há a principal oração da semana, então também convém não visitar as mesquitas nesse dia.

11934945_10207239904256765_8400096475841574848_n
Interior da Mesquita Azul

Antes de entrar, os muçulmanos participam de um ritual de purificação, chamado ablução, em que lavam cabeça, mãos, braços e pés nas fontes localizadas do lado de fora das mesquitas. Nas que visitei, vi que homens e mulheres rezavam em áreas separadas por um biombo de madeira. Também pude observar que todas elas são construções enormes e repletas de vitrais e azulejos em seu interior. O chão é coberto por um tapete espesso e o cheiro não é muito agradável, afinal todas as pessoas estão descalças.

 

Uma das mais importantes é a Mesquita Azul. Construída pelo sultão Ahmed I no início do século XVII, seu nome verdadeiro é Mesquita de Sultanahmet, mas ficou popularmente conhecida como Mesquita Azul por ter seu interior revestido de azulejos otomanos de cor azul. Apesar dela ser um dos cartões postais de Istambul e também a única com seis minaretes, o título de maior mesquita da cidade é da Mesquita Süleymaniye.

11903946_10207239906056810_9049811247186680618_n
Mesquita Azul

Construída no século XVI a pedido do sultão mais rico e poderoso do Império Otomano, o Sultão Solimão, o Magnífico, a Mesquita Süleymaniye tem aproximadamente 4.500m² e fica na colina mais alta da cidade, no bairro de Eminönü. Ela é considerada uma das construções mais importantes da arquitetura turca da época e foi criada para superar a grandiosidade da Basílica de Santa Sofia.

O bairro Eminönü também abriga outra importante mesquita em Istambul: a Mesquita Nova, ou Mesquita Yeni. Com apenas dois minaretes, ela demorou 66 anos para ser construída. Está localizada bem próxima ao Bazar de Especiariais e é comum ver alguns comerciantes oferecendo degustação de doces turcos em seu pátio interno.

Como conhecer as quase três mil mesquitas de Istambul é missão quase impossível, visitar essas três que citei já é o suficiente para mergulhar um pouco na religião deles e na história da cidade. Mesmo que você não acredite em nada, não tem como escapar dessa magia: Istambul respira fé.

 

Anúncios

Autor: Babi

Carioca, DJ, botafoguense, comunicadora, viajante e sonhadora que quando fica inspirada brinca de ser escritora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s