6 motivos para conhecer Marmaris

Situada no litoral da Turquia, a cidade ainda não é muito explorada pelos brasileiros. Para chegar em Marmaris, é necessário pegar um vôo até Dalaman e enfrentar mais 1h30 de estrada. Fiz isso nas minhas últimas férias e separei 6 motivos pelos quais todos deveriam conhecer Marmaris:

1)      Ilha da Cleópatra:

Foi o que me fez decidir ir parar lá. O local, conhecido como Sedir Adasi, fica no golfo de Gökova, no norte de Marmaris e foi um presente do Marco Antônio para Cleópatra. Reza a lenda que a areia da praia ele mandou trazer do Egito para agradar sua amada. Para preservar a areia de Marco Antônio, a área fica isolada e é constantemente vigiada. Os turistas que tentam ultrapassar a corda de proteção são repreendidos e absolutamente ninguém pode encostar na faixa de areia. Uma área de terra e pedras é destinada aos banhistas que desejam descansar e pegar sol. Somente dentro da água é possível ter contato com a areia especial e, de fato, a consistência é bem diferente: areia muito fofa, muito fina e que faz seu pé afundar rapidamente. A ilha tem também algumas ruinas e até um teatro de arena, mas a praia é a grande sensação do lugar. Se Marco Antônio realmente trouxe a areia do Egito de barco e se Cleópatra mereceu tudo isso eu não sei. Só sei que esse paraíso existe e a lenda só deixa o lugar ainda mais especial.

CLEOPATRA9

2)      Cor da água do mar:

Quem chega em Marmaris entende na hora o que é, de fato, a cor azul-turquesa. Os passeios de barco pelo Golfo de Gökova deixam qualquer um boquiaberto com a cor da água e com a beleza da região. Os lugares são paradisíacos e mergulhar naquela imensidão azul é inesquecível.

11896104_10207252875101028_8300225992536159447_n

3)      Bar Street:

Quem gosta de festa PRECISA conhecer a noite de Marmaris. A cidade tem uma região chamada Bar Street que é, simplesmente, um complexo de festas GRATUITAS, uma ao lado da outra. A própria rua se transforma em uma grande festa, aliás. Música de melhor qualidade e de todos os tipos (de locais a internacionais). Cansou de ficar em uma festa? Sai e entra em outra. Simples, fácil, grátis. Se a fome bater você ainda pode comer um Kebab delicioso junto com os amigos que você fará na noite turca.

11885325_10207252888501363_3503390842993013216_n

4)      Sem brasileiros:

“Nossa, eu nunca vi um brasileiro antes!”. Pode parecer mentira, mas essa foi a frase que eu mais ouvi em Marmaris, quando perguntavam de onde eu era.  Encontrar nossos compatriotas em uma viagem internacional é legal e dá uma sensação de identidade, mas gostei muito do fato da cidade ainda não ser um destino tão explorado pelos brasileiros. Além de poder falar besteira em português sem que ninguém entenda, trocar ideias com pessoas de outros países é bastante enriquecedor. De acordo com os moradores, Marmaris é o destino de férias de ingleses, suíços, noruegueses e dos próprios turcos e no verão costuma receber cerca de 200 mil turistas.

5)      Comprinhas:

Óculos, bolsas, malas, roupas, sapatos, relógios… Tudo o que você imaginar por um preço muuuuuito inferior (tão inferior quanto a qualidade de alguns produtos também). Marmaris é o paraíso do comércio informal. Vale lembrar que, estando na Turquia, pechinchar é uma necessidade.

6)      Proximidade com a Grécia:

Já pensou passar o dia na Grécia, rapidinho, logo ali? Em Marmaris isso é possível! Em apenas 1h30 de ferry, aproximadamente, você chega na ilha grega de Rodes e consegue pegar uma praia na Grécia.  Maravilhoso, né?

Anúncios

Autor: Babi

Carioca, DJ, botafoguense, comunicadora, viajante e sonhadora que quando fica inspirada brinca de ser escritora.